Em parceria com a Philips, apresentaremos soluções no Connect Day 2018

Integrado ao sistema Tasy Philips, o Certillion Cloud Saúde é uma solução que armazena Certificados do tipo A3 em HSM; oferece fator duplo de autenticação – tornando o sistema mais seguro –; e a praticidade de assinar documentos, laudos e prontuários de forma digital, por meio de um dispositivo móvel, sem complicação.

Entre os dias 23 e 24 de outubro, na Fecomercio, em São Paulo, participaremos do Philips Connect Day, evento que reúne executivos, organizações de saúde de todo o país e empresas parceiras que orbitam o universo da TI e de gestão em saúde, com o propósito de compartilhar experiências e boas práticas, promover o conhecimento e a atualização e conectar pessoas e informações.

Nesta edição, em parceria com a Vault ID apresentaremos o Certillion Cloud Saúde, desenvolvido com foco nos problemas apontados pelas instituições de saúde em relação ao uso do Certificado Digital para eliminação do prontuário físico. A tecnologia é a primeira solução do mercado com Certificado Digital A3 com validade de cinco anos (renováveis por mais cinco) e cobrança anual. As soluções antes apresentadas utilizavam certificados do tipo A1, válido por apenas um ano ou do tipo A3 com validade de três anos, que deixaram de ser atrativas pela curta validade e pela rotatividade (turnover) dos profissionais nas instituições de saúde.

“O hospital pagava por três anos e na maioria das vezes o profissional não permanecia este tempo na instituição. Os outros certificados operam através do chip do cartão ou de um token e smartcard, os quais precisamos carregar o tempo todo conosco para assinar digitalmente o documento. Aqui, ganha-se em segurança, pois o certificado fica na nuvem, e elimina-se a preocupação com danos físicos, roubos e perdas”, explica Júlio Mendes, Diretor Comercial da Soluti.

Segurança – Um dos principais benefícios do Certillion Cloud Saúde está no seu nível de segurança. Ele conta com um duplo fator de autenticação para comprovar que a pessoa por traz da assinatura digital é realmente quem diz ser – um primeiro no computador quando acessa o prontuário eletrônico e o segundo, via aplicativo, em que é feita a autenticação via código OTP para efetuar a assinatura digital. Com isso, o Certificado Digital pode ser utilizado apenas pelo seu titular, evitando assim que qualquer outra pessoa assine o documento em seu lugar. Há de se destacar também a questão da praticidade proporcionada pela plataforma já que todo este processo, até a etapa da assinatura digital, é feito de forma mobile – através do aplicativo Certillion ID, instalado no smartphone do usuário, totalmente offline.

“A tecnologia permite fazer a autenticação e usar o Certificado Digital, que é instalado em um HSM em nuvem e sincronizado no smartphone do profissional de saúde. Sendo um dispositivo que está sempre em mãos, possibilita maior facilidade e comodidade, além de segurança para o usuário”, diz Júlio.

Flexibilidade – O Certillion Cloud Saúde, que já é integrado ao Tasy Philips, permite que qualquer rede hospitalar consiga se plugar e ter acesso às assinaturas dos profissionais do seu corpo clínico, de modo que o médico não precisa mais ter um Certificado Digital para cada hospital que trabalha. O hospital consegue compartilhar o Certificado Digital daquele médico com todas as demais instituições de saúde em que ele trabalha.

Redução de custos – Com as soluções até então existentes neste mercado, os hospitais e laboratórios têm dois caminhos a seguir: a primeira, por meio da compra ou aluguel do HSM e de toda a infraestrutura por trás dele, com custos altos em torno de R$ 100 a R$ 200 mil, além da necessidade de adquirir um segundo HSM de contingência. E a segunda opção, para evitar um custo desse porte, usar Certificados tradicionais tipo A1 e A3 em mídias como Token e Smartcard. O problema deste segundo modelo é que ele custa ao hospital a aquisição de módulos de assinatura digital para integrar ao ERP, além de muito suporte aos diversos Drivers e DLLs para comunicação com o Certificado.

Palestra Soluti: Prontuário eletrônico 100% digital e a otimização dos processos com a certificação digital em nuvem.

Marcaremos presença na programação de palestras e painéis do Philips Connect Day com a participação do Dr. Renato Sabattini, biomédico e uma das maiores autoridades em tecnologia médica no Brasil. O especialista participa do bate-papo no dia 23 de outubro, a partir das 16h10, para falar sobre o tema: Prontuário eletrônico 100% digital e a otimização dos processos com a Certificação Digital em nuvem.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *