Qual a diferença entre os Certificados Digitais A1 e A3?

Muita gente precisa emitir Certificados Digitais e ainda não consegue fazer a distinção entre eles. Aqui você vai entender todas essas diferenças e escolher qual é o melhor para sua necessidade.

Todo Certificado Digital é um arquivo protegido por criptografia que atesta a identidade do portador em diversos serviços no meio eletrônico. A principal diferença entre esses dois tipos é como esse arquivo é armazenado e a sua validade.

Certificado A1:

O Certificado A1 é instalado e armazenado diretamente em um computador e sua validade é sempre de 1 ano. Geralmente é utilizado por empresas.

 Vantagens:

– Pode ser instalado em diversos computadores da empresa simultaneamente.

– Pode ser importado por softwares de emissão de notas fiscais.

– Permite o backup do certificado, ou seja, se o computador for formatado, o arquivo não é perdido.

– Agilidade no momento de assinar documentos, já que não depende de dispositivos externos.

– Não requer instalação de leitores.

 Desvantagens:

– Validade de apenas 1 ano, renovação anual.

– É imprescindível um backup (cópia) do software, pois em caso de erro ou problema com o computador/servidor onde está instalado, o certificado poderá ser perdido. 

Principais usos do Certificado A1:

Pessoa Jurídica:

Receita Federal, CAGED, DIRF, PERDCOMP, DACON, DBF, DCIDE, DCP, DEREX, DCTF, DCRED, DIF, DIMOB, DIMOF, DIPI-TIP, DNF, DSPJ, DTTA, e-CAC, Homolognet, RAIS, SICONFI, SIL, Leilões eletrônicos, NF-e, NFA-e, NFC-e, NFS-e, CT-e, DF-e, SISCONSIG, DMED, TISS, PROUNI, GESP, e-CNHsp, ITR, DERC, SPED, ECD, EFD, SPED FISCAL, ECF, eSocia, FGTS, e-APS, SUFRAMA.

Pessoa Física:

CAGED, DIRF, PERDCOMP, DACON, DEREX, DIMOB, DIMOF, DSPJ, e-CAC, IRPF, Homolognet, RAIS, SICONFI, SIL, NFA-e, Empresa Simples, SISCONSIG, SISREl, TISS, PROUNI, e-CNHsp, ECF, SPED FISCAL, eSocial, FGTS, e-APS, Conectividade Social ICP, Perícia Judicial, Assinar e-mails, Assinar Contratos.

 

Certificado A3

O Certificado A3 é armazenado em tokens ou smartcards com leitor específico e tem validade de até três anos. Geralmente é mais utilizado por pessoas físicas e profissionais liberais.

Vantagens:

– Renovação a cada 3 anos.

– Pode ser levado para qualquer lugar onde seu uso seja necessário.

– É inviolável e tem um nível de segurança elevado, pois não pode ser extraído ou copiado para outra mídia.

– Mídia pessoal e intransferível, somente o portador da senha pode utilizá-la.

Desvantagens:

– Só pode ser utilizado em um computador por vez.

– Como está em forma de mídia, pode ser furtado ou perdido.

– É necessário a instalação de leitores (para smartcards).

Principais usos do Certificado A3:

Pessoa Jurídica

CAGED, DIRF, PERDCOMP, DACON, DBF, DCP, DEREX, DCTF, DCRED, DIF, DIMOB, DIMOF, DIPI-TIP, DNF, DSPJ, DTTA, e-CAC, DOI, DPREV, Leilões eletrônicos, NF-e, NFA-e, NFC-e, NFS-e, CT-e, DF-e, DOF, DMED, TISS, PROUNI, GESP, e-CNHsp, ITR, DERC, Sped Contábil, ECD, EFD, SPED FISCAL, eSocial, FGTS, SUFRAMA

Pessoa Física

CAGED, DIRF, PERDCOMP, DACON, DEREX, DIMOB, DIMOF, DSPJ, e-CAC, IRPF, DOI, DCTF, NFA-e, Empresa Simples, SISREl, TISS, e-DOC, e-PET, e-STJ, STJ, PROUNI, e-CNHsp, ECF, SPED FISCAL, eSocial, FGTS, Conectividade Social ICP.

Agora que já sabe as diferenças entre eles é só adquirir o melhor certificado para o seu caso.

 

Quer saber mais a respeito dos tipos de certificados? Clique aqui!

Quer ficar por dentro do universo digital? Assine nossa newsletter.

Precisa emitir o seu certificado? Acesse nossa Loja Virtual 

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *