5 livros de empreendedorismo para conhecer agora mesmo

- Tempo de leitura: 15 minutos.

Engana-se quem acredita que empreender é uma tarefa simples e que requer apenas esforço e vontade. Na realidade, iniciar um negócio é uma missão complexa, repleta de desafios e que demanda, em diversos momentos, conhecimentos mais técnicos sobre o mercado, finanças e negócios, por exemplo.

Há diversas maneiras de o empreendedor aumentar as suas chances de sucesso nessa caminhada. Uma delas é a partir do aperfeiçoamento teórico, buscando cursos, informações e livros de empreendedorismo capazes de fornecer uma base de conhecimento mais sólida para utilizar nas diversas situações que surgirão antes, durante e depois de abrir o seu negócio.

Hoje, com a crescente onda do empreendedorismo e suas vertentes, há uma vasta literatura voltada para o tema. Livros de diferentes autores e com as mais variadas abordagens oferecem um rico acervo de informações, que preparam e antecipam você, empreendedor, para os desafios que certamente surgirão.

Quer empreender com mais segurança e técnica? Então, você precisa conferir os 10 livros de empreendedorismo que listamos para ajudar você a ir mais longe. Confira a seguir!

1. O lado difícil das situações difíceis: como constituir um negócio quando não existem respostas prontas

Essa é uma obra do autor Bem Horowitz — uma das mais importantes e experientes figuras do empreendedorismo no Vale do Silício. O livro conta a história de como Horowitz fundou, dirigiu, vendeu, comprou, geriu e investiu em diversas empresas de tecnologia, apresentando conselhos e insights práticos para ajudar empreendedores a solucionar os problemas mais difíceis relacionados ao universo dos negócios.

A obra aprofunda a temática de empreendimentos, mostrando a visão e os ensinamentos de quem já possui uma larga experiência no assunto. Sem dúvida, é uma das obras mais indicadas para quem quer iniciar a vida de empreendedor.

2. A Estratégia do Oceano Azul: como criar mercados e tornar a concorrência irrelevante

Escrito por W. Chan Kim e Renée Mauborgne, esta obra é uma das mais famosas no segmento de empreendedorismo. Foram mais de 3,6 milhões de exemplares vendidos, publicados em 44 idiomas, fazendo dela uma leitura de referência em organizações por todo o mundo.

É considerada leitura obrigatória para todo empreendedor disposto a atuar de forma estratégica no mercado, contornando os desafios gerados pela concorrência sob uma perspectiva diferenciada.

Os ensinamentos deste livro são construídos com base em uma metáfora criada pelos professores e autores do livro: o resultado de uma concorrência muito feroz é um “oceano vermelho sangrento”, cheio de rivais que competem entre si por uma parcela de lucros cada vez mais ínfima.

Baseando-se em um estudo de 150 movimentos estratégicos — os quais abarcam mais de 100 anos e 30 setores —, W. Chan Kim e Renée Mauborgne afirmam que o sucesso no mercado não decorre da disputa entre concorrentes, mas da criação de “oceanos azuis”, fazendo referência a novos e intocados espaços de mercado e com alto potencial para o crescimento.

A obra ainda traz uma abordagem sistemática para tornar a concorrência irrelevante, descrevendo os princípios e recursos que qualquer empresa pode utilizar para criar seus “oceanos azuis” e crescer no mercado.

3. Scrum: a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo

Com foco na aplicação da metodologia Scrum, já consolidada e bastante aplicada, especialmente nas empresas, os autores Jeff Sutherland e J.J. Sutherland tratam sobre como desenvolver com mais eficácia o processo de liderança e gestão que está transformando a vida de pessoas e organizações em todo o mundo.

A obra descreve uma maneira mais ágil e produtiva de desenvolver atividades, desde as mais simples, como as da vida cotidiana, até tarefas mais complexas, voltadas para a gestão de negócio. Tudo gira em torno no Scrum, uma metodologia que prioriza os pontos mais essenciais de um projeto, dispensando rotinas adjacentes e que nada contribuem para os resultados.

Na realidade do empreendedor, sobretudo no estágio inicial do seu negócio, a abordagem Scrum ajuda otimizar ações, focando no essencial e no mais produtivo, garantindo um melhor aproveitamento do tempo, recursos e pessoal. Tudo para gerar melhores resultados.

4. Roube como um Artista: 10 dicas sobre criatividade

Escrito pelo designer e escritor Austin Kleon, essa obra pode ser considerada um verdadeiro manifesto de como ser criativo na era digital, estando na lista dos livros mais vendidos do The New York Times.

Baseado em uma palestra ministrada por Austin, na Universidade do Estado de Nova York, “Roube como um artista” desperta o lado criativo e artístico dos leitores, preparando-os, a partir de um manual prático, para serem inovadores e estratégicos na era da informação.

Por meio de mensagens positivas, ilustrações e exercícios, Austin apresenta caminhos para o leitor aflorar o seu lado criativo. Além disso, o autor ainda traz uma visão paradoxal e instigante sobre a criatividade, afirmando que nada é original e que se deve abraçar as influências, coletar novas ideias, misturar e reimaginar realidades para encontrar a própria inspiração. Em outras palavras, ele mostra a importância das referências no processo criativo.

5. Rápido e devagar: duas formas de pensar

Do autor Daniel Kahneman, ganhador do Prêmio Nobel de Economia e um dos mais importantes pensadores da atualidade, essa obra traz uma visão inovadora e inquietante sobre o funcionamento da mente humana durante o processo de tomada de decisão.

No livro, o autor esclarece sobre as duas maneiras como são desenvolvidos o pensamento humano: o pensamento mais rápido, intuitivo e fortemente emocional, em contraponto ao modo mais lento de pensar, deliberativo e lógico.

A obra traz uma visão mais científica e bastante atrativa sobre as diferentes capacidades da mente humana — assim como seus defeitos e vícios —, do pensamento rápido, expondo a relevância que impressões intuitivas têm sobre o processo de tomada de decisão.

Além disso, de maneira prática, o autor, quando é indicado ou não a confiar na intuição, oferece insights poderosos a respeito de como são tomadas as decisões na condução de negócios e na condução da vida pessoal. Por meio de técnicas e ferramentas, ensina o leitor a se blindar contra falhas mentais, que impedem o bom rendimento e expõe o indivíduo a situações de risco.

Ou seja, esse livro oferece um suporte informativo extremamente valioso para o empreendedor, mostrando com ele pode explorar melhor suas capacidades mentais na hora de tomar decisões, tornando esse processo mais racional, eficiente e promissor para os negócios.

6. Os 7 hábitos de pessoas altamente eficazes

O livro escrito por Stephen R. Covery não deve ficar fora da sua lista de livros sobre empreendedorismo. Isso porque ele já foi considerado um dos livros mais influentes do século XX, por uma lista feita pela Forbes.

Nele, o autor busca listar e dissecar os hábitos que contribuem para o sucesso das pessoas que conseguem ótimos resultados em suas rotinas. Eles estão divididos em dois grupos essenciais: aqueles relacionados com a vitória particular e os relacionados com vitória pública. Vamos saber mais sobre cada um deles a seguir:

  • Ser proativo: ter o controle sobre o que acontece em sua vida e agir antes que aquilo te afete. Isso é fundamental, principalmente, no círculo de influência. Contudo, devemos estar atentos para não tentar controlar aquilo que está fora do nosso alcance;
  • Comece com objetivo em mente: esteja atento para o objetivo final. É interessante que o autor faz uma proposição interessante: o que você gostaria que as pessoas falassem no seu funeral? Pensar nisso faz com que tenhamos maior clareza sobre a questão;
  • Priorize suas questões: tenha sempre em mente o que é mais importante para chegar no que você pensou anteriormente. Lembrando sempre que nem tudo que é urgente é importante e vice-versa;
  • Pense que é possível todos ganharem: muitas vezes pensamos, até mesmo de modo automático, que para subirmos, alguém tem que descer. E não é bem assim. Quando trazemos a mentalidade “ganha x ganha”, trazemos uma mentalidade de abundância, de forma que todo mundo sai feliz;
  • Primeiro compreenda, para que possa ser compreendido: isso significa sempre escutar com empatia. Assim, entenda qual é o ponto de vista do outro, escutando o que os outros falam. Isso é fundamental para ter trocas importantes entre você e outras pessoas;
  • Gere sinergia: pessoas agindo juntas criam juntas. E, também, crescem juntas. A cooperação criativa é um passo importante para uma maior eficiência;
  • Sempre afine o instrumento: nesse ponto, o autor cria um exemplo interessante. Um lenhador exausto pode encurtar o processo se ele parar para afiar o machado e retornar ao trabalho. Assim, é importante parar e redirecionar os esforços antes de continuar.

7. A coragem de ser imperfeito

O livro de Brené Brown vem com uma proposta imperdível para tempos nos quais nos cobramos nunca errar: ter a coragem de admitir que somos falhos. A autora, que é professora e pesquisa na Universidade de Houston, aborda a importância de admitirmos nossas vulnerabilidades para trilhar um caminho de sucesso.

Segundo sua obra, nenhum sucesso é feito sem erros e decepções e isso auxilia a nos empenharmos mais em nossos feitos. Isso é fundamental, principalmente, para aqueles que estão esperando o “momento perfeito” para começar a empreender. A autora oferece a dica: isso nunca vai acontecer e só nos faz perder tempo. Assim, é melhor respirar fundo e encarar os nossos desafios, sejam eles quais forem.

8. #Girlboss

O empoderamento feminino na área de empreendedorismo é uma pauta cada vez mais importante. Neste livro, Sophia Amoruso conta sua história como CEO do site Nasty Gal.

A história é tão impressionante que se tornou série Netflix. No livro, a autoria oferece dicas importantes para aquelas que desejam começar a empreender no mercado de moda e destacar-se. Um ponto fundamental que ela traz e você deve estar atento é: não há um passo a passo para o sucesso.

Mas sim, é possível aprender com os acertos e erros de quem passou por esse caminho das pedras. E é isso que a Sophia aponta ao longo da sua obra, além de nos ensinar a direcionar nossa energia naquilo que realmente vai nos ajudar a crescer.

9. O poder do hábito

O best seller de Charles Duhigg é um dos livros mais vendidos e aponta um ponto importante para todos nós, ainda mais para quem deseja empreender: construir hábitos é fundamental para o sucesso.

O autor mostra, na obra, suas pesquisas realizadas há mais de duas décadas, sobre como os hábitos são poderosos em nossa vida pessoal, relacional e profissional. Em um primeiro momento, ele faz uma análise do comportamento humano e mostra experimentos científicos que evidenciam, justamente, como a rotina nos faz realizar tarefas de modo mais eficiente, em busca de uma recompensa final.

Ele também auxilia a como criar hábitos novos e sair do piloto automático daqueles que não sejam bons em nossa rotina (como checar redes sociais constantemente e que prejudicam a nossa produtividade. Também nos fala sobre a força de vontade e como ela tem um papel fundamental para mudanças de hábitos importantes em nossa vida.

10. O monge e o executivo

O best seller de James C. Hunter sempre é um livro bastante indicado, e não é à toa. Ele conta a história de John Daily, uma pessoa que tem o emprego dos sonhos (gerente-geral de uma grande indústria), uma vida estável com a esposa e dois filhos. Contudo, ao observar mais de perto, percebe-se que não é tudo tão belo assim.

O relacionamento está fracassando, os filhos estão distantes e agressivos, o trabalho também não está indo bem. Diante de tantos problemas, o protagonista decide ir para um monastério, para refletir sobre a vida. No mesmo lugar, está outra pessoa: Leonard Hoffman, um ex-executivo que é famoso por suas habilidades de liderança e que hoje é um dos líderes do mosteiro – lá sendo conhecido por Simeão.

Em diversas passagens, o monge ensina sobre empatia, sobre como diferenciar poder de autoridade e como são os novos paradigmas. Além disso, oferece lições valiosas de liderança, mudando conceitos antigos que, infelizmente, ainda fazem parte do imaginário de muitas pessoas.

Algumas das lições mais importantes do livro são:

  • ter ciência da importância do diálogo;
  • diferenciar ter poder de autoridade;
  • buscar um ambiente de trabalho saudável;
  • assumir responsabilidades na sua posição de liderança;
  • entenda a diferença entre servir e escravizar.

O livro traz muitas reflexões sobre amor, bondade, sacrifício, empatia, questões importantes para que você consiga exercer sua liderança no dia a dia, direcionando os colaboradores por meio de sentimentos positivos.

Por fim, existem diversos livros de empreendedorismo que o novo empresário pode buscar para aumentar o seu conhecimento. Essa postura, dada a competitividade do mercado, é fundamental para antecipar cenários, minimizar riscos e encurtar o tempo na hora de decidir. Além disso, a literatura é uma excelente maneira de aprender com os erros e acertos de outras pessoas, poupando um tempo valioso nessa longa jornada que é empreender.

Então, gostou da nossa lista de livros de empreendedorismo? Aproveite para compartilhá-la nas suas redes sociais e contribuir para que mais empreendedores se inspirem e se preparem para o mercado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *