8 negócios lucrativos para investir nos próximos anos

É bem verdade que empreender não é uma tarefa que depende exclusivamente de sorte. Na realidade, estamos falando de uma ação altamente estratégica, a qual depende de estudo, avaliações do mercado e projeções para se conseguir identificar boas oportunidades. A evolução dos hábitos do consumidor e a difusão dos meios digitais e da tecnologia, sem dúvida, reservam oportunidades de negócios lucrativos, mas você precisa estar atento para aproveitá-las.

Expandir os horizontes e pensar de uma forma arrojada e inovadora é a tônica do empreendedorismo atual. Romper com o tradicional e arriscar em novos mercados pode trazer bons frutos, sem necessariamente ter que investir altos valores ou ter que arcar com custos elevados. O mercado é competitivo, mas também é democrático. Basta saber aproveitar as oportunidades.

Se você busca investir com segurança e com uma boa probabilidade de retorno em um futuro próximo, este artigo vai ser de grande ajuda. A seguir, listamos 8 modelos de negócios lucrativos e que podem ser explorados nos próximos anos. Continue a leitura e confira!

1. Alimentação saudável

Vivemos em um momento em que a preocupação com a saúde se tornou uma das principais bandeiras da sociedade. Os cuidados com o corpo e com a alimentação se transformaram em verdadeiros hábitos, aquecendo significativamente esse mercado.

Sabendo disso, explorar o mercado de alimentação saudável pode ser uma estratégia bastante promissora. Para se ter ideia, segundo a agência de pesquisa Euromonitor, o segmento apresenta os seguintes números:

  • alimentação saudável cresceu 98% no Brasil de 2009 a 2014;
  • esse mercado movimenta US$ 35 bilhões todos os anos;
  • 28% dos brasileiros considera que consumir alimentos saudáveis é importante.

2. Coworking

A economia compartilhada tem ganhado contornos cada dia mais nítidos na realidade das pessoas. A utilização de serviços conjuntos, como veículos e imóveis, já é bastante comum em outros cantos do mundo e tem se intensificado por aqui.

Nesse contexto, o coworking também desponta como uma possibilidade de negócio lucrativo. Com a mudança de hábitos da sociedade, mais pessoas estão buscando reduzir custos, trabalhar em casa e dividir espaços de forma colaborativa.

Para se ter uma ideia aproximada do potencial da economia compartilhada, segundo dados da consultoria PwC, esse setor movimentará, em todo o mundo, aproximadamente US$ 335 bilhões de dólares em 2025.

3. Desenvolvimento de aplicativos

A conectividade é uma marca do mundo moderno. Com a popularização dos smartphones e dispositivos móveis, houve uma intensa migração dos serviços para aplicativos mobile, o que facilitou bastante a vida das pessoas e criou um grande mercado a ser explorado.

Nesse sentido, o segmento de desenvolvimento de aplicativos, apesar de exigir um conhecimento mais avançado na área, pode ser uma opção interessante de negócio. Com grande público à disposição e alto poder de escalabilidade, a partir de um baixo investimento é possível obter retornos financeiros expressivos.

4. Produtos digitais

O empreendedorismo digital é uma aposta certa para os próximos anos. Romper com os modelos de negócios tradicionais e investir em um segmento digital, inovando e utilizando a internet como base para as atividades, além de ser muito mais acessível, está em consonância com os padrões da sociedade atual — que cada vez mais tem aderência à virtualização dos serviços.

O desenvolvimento de produtos digitais está em alta. A facilidade de se disponibilizar conteúdos online, como cursos, e-books, podcasts e até serviços técnicos, reforça esse mercado. Além de diversificado, ele tem potencial para atingir um grande número de pessoas, convertendo interações em ganhos.

Além disso, os meios digitais também podem ser uma forma de reinventar segmentos mais tradicionais. A exemplo, hoje, profissionais de contabilidade já conseguem disponibilizar seus serviços de forma remota, atendendo clientes em diferentes localidades, sem qualquer prejuízo para a qualidade das entregas.

5. Mercado pet

De acordo com dados da ABINPET (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação), o Brasil é detentor da segunda colocação no ranking de países com a maior população de cães, gatos e aves em todo mundo, sendo o quarto maior país em população total de animais de estimação. Esses dados indicam quão promissor pode ser investir no segmento na atualidade.

Com um amplo mercado a ser explorado, é possível diversificar no segmento, oferecendo produtos para pets, serviços especializados, medicamentos e cuidados. Em 2017, a indústria de produtos para animais de estimação faturou R$ 20,37 bilhões, um faturamento aproximadamente 7,9% superior ao registrado em 2016, que ficou em R$ 18,9 bilhões.

6. E-commerce

À medida que o tempo passa, os meios digitais se tornam mais comuns da vida das pessoas, e o receio de realizar compras pela internet tende a reduzir. Segundo estudo desenvolvido pela Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC) e pela Toluna, hoje, 92% dos consumidores digitais se sentem seguros ao realizar uma compra no e-commerce brasileiro.

Essa é uma estatística positiva, que mostra como pode ser vantajoso investir no comércio eletrônico. Atualmente, esse é um mercado amplo, o qual oferece oportunidades para empreendedores das mais diferentes áreas. A exemplo, o varejo tem fortalecido sua atuação online, atendendo às novas demandas do consumidor 4.0.

7. Coach

Dados da International Coach Federation (ICF) mostram que, nos últimos quatros anos, o mercado de coaching cresceu mais de 300% no Brasil. Estima-se que o setor tenha movimentado mais de R$ 50 milhões nos últimos anos.

Não é difícil perceber que esse mercado está bastante aquecido. Basta avaliar a quantidade de profissionais e empresas que tem surgido recentemente nessa área. Assim sendo, é possível afirmar que esse modelo de negócio tem potencial para ser altamente lucrativo.

No entanto, é preciso avaliar o perfil de quem pretende seguir por esse caminho, já que o coach exige competências específicas, além de certificações formais para quem deseja apostar nessa carreira.

8. Certificação Digital

Mais uma vez, a tecnologia está envolvida nas tendências de negócios lucrativos. O fato é que a Transformação Digital tem criado muitas oportunidades, e a Certificação Digital é uma delas. A exemplo, com baixo investimento, hoje é possível se tornar uma Autoridade de Registro (AR), sendo responsável por realizar os procedimentos presenciais de conferência de documentos e identidades daqueles interessados em emitir um Certificado Digital, dando apoio às Autoridades Certificadoras.

Para se ter uma compreensão do potencial desse mercado, dados do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI) mostram que, de julho de 2018 a junho de 2019, foram emitidos 4.976.050 Certificados Digitais no padrão ICP-Brasil. Ou seja, há um segmento inovador, extremamente movimentado e em plena expansão a ser explorado.

Por fim, como vimos, possibilidades de negócios lucrativos para os próximos anos não faltam para quem deseja empreender de forma inovadora e segura. Os dados apresentados dão uma noção mais confiável dos resultados de cada área, mostrando que é possível alcançar o sucesso escolhendo o modelo de negócio mais adequado ao seu perfil. Agora é com você!

Tem interesse em seguir se informando mais sobre esse e outros temas relacionados ao mercado empresarial, tecnologia e inovação? Assine nossa newsletter e receba os melhores conteúdos em primeira mão!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *