Autoridade de Registro: 4 perguntas para fazer antes de investir em uma AR

- Tempo de leitura: 9 minutos.

As Autoridades de Registro (AR) são essenciais para viabilizar a emissão e entrega dos Certificados Digitais para as empresas e profissionais autônomos. Assim, as ARs se tornaram uma ótima oportunidade de investimento para empreendedores. Isso é positivo, tanto para o mercado quanto para a evolução tecnológica.

Nos últimos anos aconteceram vários avanços tecnológicos fomentados pela popularização da internet. Junto a isso, smartphones e outras soluções digitais apresentaram destaque. Com todas essas novidades, muitos hábitos mudaram. Atualmente, por exemplo, é possível fazer uma transferência bancária com poucos cliques por meio de um celular.

Entretanto, é preciso proporcionar maior segurança aos processos. Para sanar essa necessidade, são utilizados os Certificados Digitais, que podem ser usados para diferentes atividades. Alguns exemplos são:

  • Acesso às plataformas e serviços do Governo Federal;
  • Declarações de Imposto de Renda (IR);
  • Emissão de Notas Fiscais.

Vale destacar que os Certificados Digitais também contribuem com o meio ambiente. Com seu uso, as empresas reduzem o consumo de papel. Ao mesmo tempo, proporcionam mais confidencialidade, autenticidade, confiabilidade e praticidade à troca de informações em meios eletrônicos. Isso acontece pois eles usam tecnologia da criptografia de dados para identificar pessoas físicas e jurídicas em ambientes digitais.

Para a aquisição dessa tecnologia cada vez mais presente no dia a dia das pessoas, entram em cena as Autoridades de Registro (AR). Portanto, se você está pensando em empreender ou diversificar o leque de serviços da sua empresa, abrir uma AR é uma boa oportunidade. Continue a leitura e saiba mais sobre esse assunto.

Certificação Digital: como é esse mercado?

O mercado de Certificação Digital tem apresentado um crescimento constante desde 2010, com picos nos últimos dois anos. Somente no ano de 2020, houve um crescimento de 10%. Isso significa um recorde de mais de 6 milhões de Certificados Digitais emitidos em um único ano. Os dados são do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI).

Conforme dados do ITI, mais de 3,5 milhões de Certificados Digitais foram emitidos apenas no primeiro semestre de 2021. Isso equivale a 60% de todas as emissões em 2020. Inclusive, em 2021 fechou o ano com mais de 7 milhões de Certificados emitidos. Esses recordes de emissões aconteceram num período no qual as empresas precisaram se adaptar rapidamente a uma nova realidade.

Para 2022, a estimativa é que mais de 8 milhões de Certificados Digitais sejam emitidos. A consequência disso é o aumento de empresas que atuam nessa área, como é o caso das Autoridades de Registro (AR) — responsáveis pela revenda dessa tecnologia, que é desenvolvida por Autoridades Certificadoras, como a Soluti.

Além disso, vale lembrar que o mercado de Certificação Digital atua como um agente impulsionador da transformação digital das empresas. Ele também contribui para a continuidade dos negócios no ambiente digital, colaborando na economia ativa do país.

O que é uma Autoridade de Registro?

As Autoridades de Registro (AR) são as responsáveis por intermediar o contato entre o usuário final, que deseja um Certificado Digital, e uma Autoridade Certificadora (AC). Também conhecidas pela sigla AR, elas atuam no atendimento aos clientes, recebendo as solicitações e conferindo os dados dos mesmos para repassar à AC.

Em razão da sua responsabilidade na análise de dados e documentação, e por ser considerada a interface para o registro da Certificação Digital, a AR passa por um processo rigoroso para a realização do credenciamento.

E, o que é uma Autoridade Certificadora?

Já a Autoridade Certificadora, conhecida pela sigla AC, tem como responsabilidade principal a emissão, renovação e revogação dos Certificados Digitais. As Autoridades Certificadoras precisam seguir um conjunto de regras e normas de Certificação Digital, de acordo com o padrão ICP-Brasil.

Também estão entre as suas atividades a emissão da Lista de Certificados Revogados (LCR) e a verificação dos titulares dos Certificados Digitais. Ou seja, analisar se eles têm a chave privada que está relacionada à chave pública que compõe o Certificado.

Autoridade de Registro: 4 perguntas e respostas para quem pretender investir em uma AR

Quais são as principais responsabilidades de uma AR? Começando a sanar suas dúvidas sobre a Autoridade de Registro, que tal compreender qual sua função?

A Autoridade de Registro (AR) tem como papel principal realizar o contato intermediário entre o usuário e a Autoridade Certificadora. Além disso, entre suas responsabilidades estão:

  • Fornecer uma interface para a emissão do Certificado Digital;
  • Conferir os dados e a documentação do cliente.

1. Quem pode ser uma Autoridade de Registro?

Para ser uma AR parceira da Soluti, por exemplo, basta realizar um investimento inicial, ter uma empresa constituída em formato LTDA ou EIRELI e passar pelo processo de credenciamento junto ao ITI, que é a autarquia federal vinculada à Casa Civil da Presidência da República.

2. Quanto fatura uma Autoridade de Registro?

A resposta para essa pergunta depende. O rendimento pode variar conforme o volume de negócios e o tipo de remuneração, pois a AR ganha comissão pela validação de dados para os Certificados Digitais e também pela venda direta dos Certificados.

3. Quais são os mercados atendidos por uma AR?

Há inúmeras áreas que podem ser atendidas por uma AR, mas, em especial, podemos focar em quatro:

  • Advocacia. Com o desenvolvimento das tecnologias, é possível otimizar recursos de forma a tornar mais lucrativa a atuação dos profissionais. A Certificação Digital agora faz parte dos processos de digitalização dos despachos jurídicos e, com isso, esses processos podem ser feitos pela internet;
  • Contabilidade. Os contadores necessitam, obrigatoriamente, dos Certificados Digitais para a autenticação dos documentos que são emitidos. Aliás, especialmente para a declaração junto à Receita Federal, o Certificado Digital é indispensável na rotina desses profissionais;
  • Mercado Financeiro. Por meio das assinaturas eletrônicas certificadas, as empresas têm mais controle sobre as transações e menos riscos de fraudes e invasões. Ou seja, há mais segurança;
  • Saúde. Os Certificados Digitais dinamizaram atendimentos clínicos, proporcionando mais segurança, economia estrutural e agilidade de prescrições médicas, registro de Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP) e declaração de serviços prestados.

4. Como se tornar uma AR?

O empreendedor que deseja tornar-se uma Autoridade de Registro deve ter:

  • Vínculo operacional junto a uma autoridade certificadora (AC);
  • Sede administrativa;
  • Atender às Políticas de Certificados;
  • Espaço físico operacional de atendimento ao público;
  • Recursos de lógica e segurança física adequados à atividade.

Além do mercado de Certificação Digital no Brasil estar em expansão, outras vantagens observadas ao investir em uma Autoridade de Registro são a boa rentabilidade do negócio e a autonomia do empresário na administração da empresa.

Portanto, procure uma AC de confiança, com credibilidade no mercado, como a Soluti — Autoridade Certificadora líder no mercado de Certificação Digital. A IDTech oferece suporte completo, a partir do apoio de equipes especializadas, além de parcerias junto às principais empresas de tecnologia do mundo. Clique aqui e seja uma AR parceira da Soluti.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *