Black Friday: como comprar de forma segura

- Tempo de leitura: 7 minutos.

As vendas online continuam em alta no Brasil. Segundo levantamento da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, a ABComm, em 2020 o crescimento nas vendas foi de 68% na comparação com 2019, elevando a participação do e-commerce no faturamento total do varejo, que passou de 5% no final de 2019 para um patamar acima de 10% em alguns meses do ano passado. Um fato interessante é que o mês de novembro de 2020 apresentou números ainda maiores em relação aos de dezembro – historicamente o mês mais atraente para o varejo. Uma mudança que podemos atribuir diretamente à Black Friday. 

De fato, a Black Friday mudou o hábito de compra do brasileiro. Se antes a expectativa era para o último mês do ano, agora os consumidores se dividem entre os dois últimos meses do ano – com novembro, como vimos, começando a se destacar ainda mais. 

Porém, assim como cresce o número de negociações online durante a Black Friday, aumenta também a incidência de fraudes e golpes virtuais. 

Nesse sentido, é importante focar na busca por sites confiáveis e de credibilidade antes de realizar as compras. E uma das melhores formas de fazer isso é encontrar as lojas virtuais que contam com um Certificado SSL

Quer saber mais sobre esse tipo de certificado e como ele pode ajudar a tornar a sua jornada de compra durante a Black Friday mais segura? Então, continue a leitura e confira detalhes sobre o assunto. 

Boa leitura! 

O que é o Certificado SSL? 

O Secure Sockets Layer (“Camada de Soquetes Segura”, em português) é um certificado criado ainda nos anos 90, pela empresa americana Netscape. Como a internet ainda estava em adaptação naquela época, a empresa buscou uma forma de garantir a segurança dos usuários, impedindo que os dados gerados em determinados sites não pudessem ser acessados por outras pessoas.

O tempo passou, a internet se modernizou, novos desenvolvedores criaram versões melhores do Certificado SSL, mas o objetivo permaneceu: proteger os sites e seus usuários de ataques maliciosos e invasão de fraudadores, bem como trazer mais credibilidade para a marca vendedora. 

Em suma, o Certificado SSL é um elemento de segurança que traz integridade às informações veiculadas em um determinado site, além de ser uma espécie de “selo” de confiabilidade para os visitantes. 

Mas como funciona este tipo de certificado? 

O certificado funciona por meio de criptografia, que, por sua vez, codifica as informações da conexão entre o servidor e o navegador que acessa o conteúdo. Ele cria uma “chave”, sendo este um elemento único, que somente essas duas partes autenticadas podem acessar. Os dados decodificados são convertidos em informações legíveis novamente, garantindo a segurança total dos dados. 

O objetivo desse tipo de tecnologia é evitar que pessoas não autorizadas obtenham seus dados confidenciais quando você visita uma página, como informações de acesso ou até mesmo senhas de cartões. 

É um método cada vez mais adotado pelas empresas, especialmente em transações financeiras e, logicamente, em lojas virtuais – onde informações importantes estão sendo transmitidas todo o tempo. Uma tecnologia hoje integrada a todos os navegadores populares, entrando em ação de forma automática quando um usuário se conecta a um servidor habilitado para o protocolo. 

Para você saber se um site apresenta o protocolo de segurança, basta observar o começo do endereço: se a URL iniciar com HTTPS, o “S” significa “seguro” (ou “secure”, no idioma original). 

Portanto, quando você se conecta a um servidor SSL, o seu navegador solicita um certificado digital de uma Autoridade Certificadora (CA) de maneira automática. Em seguida, verifica a identidade do servidor para garantir que você não envie dados confidenciais para endereços indevidos. 

Embora a explicação traga pontos técnicos, ela é importante para você entender a relevância de um Certificado SSL em relação à segurança dos seus dados. 

Como um Certificado SSL pode contribuir para uma compra segura durante a Black Friday? 

Em uma loja virtual, estratégias como o Certificado SSL é que cumprem esse papel, ajudando os sites a garantirem maior segurança, principalmente, em época de maior fluxo. E é a esse ponto que você deve estar alerta no momento da compra online. 

Confira, abaixo, de que forma um Certificado SSL pode ajudar você nas compras da Black Friday. 

Garantia de mais segurança nas transações 

O principal diferencial, sem dúvida, é a maior segurança que você terá durante as transações na Black Friday. Afinal, por mais atento que você esteja, na hora das promoções você acaba focando nos produtos. 

Com a Certificação SSL, o processo se torna mais seguro e você não corre o risco de ter seus dados confidenciais interceptados por hackers ou outros tipos de malfeitores digitais. 

Maior credibilidade da loja online

O site que oferece maior segurança durante as compras, logicamente, apresentará maior credibilidade no mercado. Isso significa que a loja virtual que conta com um Certificado SSL carrega uma espécie de “selo de credibilidade” para você enquanto comprador. 

Como você sabe, a Black Friday é uma data cada vez mais esperada por todos, e a tendência é que inúmeras lojas anunciem promoções durante essa época do ano. Nesse sentido, vale a pena ter atenção àquelas que apresentam o “selo”, para garantir uma jornada de compra mais tranquila e segura. Analise as informações apresentadas e garanta uma Black Friday de sucesso e de muitas aquisições.

Gostou do artigo sobre como comprar de forma mais segura durante a Black Friday? Que tal descobrir como o certificado SSL atua na segurança do Pix?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *