Entenda na prática como funciona um Certificado Digital em nuvem

Entender como funciona um Certificado Digital em nuvem é um dos pontos mais importantes para facilitar os processos de validação de documentos. Além da Certificação Digital e dos serviços em nuvem, diversas empresas estão desenvolvendo e oferecendo novos recursos em tecnologia da informação.

No universo corporativo, tais alternativas são vistas como importantes mecanismos de crescimento. Mais do que isso: representam a vantagem de economizar com a redução do uso de insumos físicos, de promover atitudes sustentáveis e de fortalecer a imagem da empresa.

Por isso, os gestores devem investir nesses recursos que, num sentido mais amplo, tornam-se significativas oportunidades de impulsionar os negócios.

Nesse contexto, abordaremos valiosas informações sobre o que é, como funciona e qual a importância de utilizar um Certificado Digital em nuvem. Acompanhe!

O que é um Certificado Digital?

É um arquivo eletrônico que tem a função de identificar e de gerar a assinatura digital do seu titular. É uma espécie de identidade virtual, emitida para diferentes entidades, que pode ser pessoa física ou jurídica.

O Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI) afirmou que no período compreendido entre os meses de janeiro de 2018 e dezembro de 2018, foram emitidos 4.416.398 certificados digitais, no mesmo período de 2017, de janeiro a dezembro, foram emitidos 3.587.733. Houve crescimento de 23,10% de um ano para o outro. Mediante os benefícios e a praticidade desse recurso, a tendência é que esse número aumente cada vez mais.

A Certificação Digital é um dos melhores recursos de tecnologia para assinatura de documentos no meio digital. Os Certificados têm a mesma validade jurídica dos documentos assinados à mão e lavrados em cartório.

O Certificado Digital para Pessoa Física — e-CPF ou e-PF — é um documento eletrônico utilizado para representar pessoas em ações praticadas no universo digital. É muito utilizado para profissionais liberais como médicos, contadores, advogados e outros.

Já o Certificado Digital para Pessoa Jurídica — e-CNPJ ou e-PJ — é um documento eletrônico para representar empresas, corporações e instituições em negociações no universo digital.

Ambos devem ser emitidos por uma Autoridade Certificadora e podem ser do tipo A1, armazenado em desktop; ou do tipo A3, armazenado em dispositivos móveis, como o Token ou Smart Card. Saiba mais sobre a diferença entre eles aqui.

Para que serve o Certificado Digital?

Agora que você já sabe a definição de Certificado Digital está na hora de entender as suas funcionalidades. Como vimos, o Certificado tem validade jurídica.

Em termos de segurança, se houver uma eventual alteração no conteúdo do documento, após assinado,  os Certificados Digitais que o assinaram são desvinculados, já que a assinatura digital é feita e calculada a partir do momento em que o documento foi assinado (é um algoritmo matemático, em que se houver alguma modificação, o resultado nunca será o mesmo). Ao ser alterado, o computador mostrará essa informação e o documento perderá sua autenticidade. Assim, a confiabilidade é um dos principais benefícios.

Além disso, o Certificado Digital para Pessoa Jurídica garante o acesso aos serviços eletrônicos da Receita Federal (CAGED, DIRF, DIMOB, e-CAC etc), assinatura de escriturações contábil e fiscal (SPED Contábil e SPED Fiscal), assinatura de contratos digitais da empresa e serviços similares.

Porém, os benefícios do Certificado Digital não se limitam apenas à segurança dos procedimentos. Há, ainda, a possibilidade de ​economizar tempo, dinheiro e flexibilizar diversas negociações.

Como funciona, na prática, um Certificado Digital em nuvem?

Atualmente, ele é usado por hospitais, escolas e também por pessoas físicas. Para profissionais liberais, como médicos, essa modalidade de Certificação Digital facilita a assinatura de prontuários e outras demandas diárias.

Resumidamente, o Certificado está “guardado” na nuvem e será acessado por meio de um computador ou de um dispositivo móvel para a assinatura de documentos. Com esse recurso, não há necessidade de utilizar qualquer mídia física (Token ou Smartcard): basta acessar o Certificado, autenticá-lo e utilizá-lo para assinar.

Nessa conjectura, explorar a tecnologia do Certificado Digital armazenado em nuvem representa incontáveis benefícios. Não garante apenas praticidade e economia, como também torna a Certificação mais simples e segura.

Qual é o preço de um Certificado Digital em nuvem?

O valor dos Certificados são diferentes para pessoas físicas e jurídicas. Além do custo-benefício da Certificação Digital ser bem irrisório em relação às vantagens que ela proporciona, o Certificado pode ter validade por até 5 anos.

Cada dia mais, a comunicação utilizada e o processamento de documentos em órgãos públicos — como a Receita Federal, por exemplo — estão sendo transferidos do meio físico para o virtual. Isso justifica o investimento nesses recurso digitais, cuja tendência é alcançar ainda mais adeptos.

A própria Receita Federal alertou recentemente sobre a importância de inovar e de aderir ao Certificado Digital em nuvem. O Órgão está investindo nesse novo recurso como meio de assegurar mais confiabilidade aos dados e maior proteção para a Instituição.

Quais as vantagens do Certificado Digital em nuvem?

Esse conjunto de procedimentos conferem privacidade, segurança, confidencialidade, integridade e autenticidade dos documentos e informações pessoais em ambientes digitais.

Redução de problemas técnicos

Tradicionalmente um Certificado Digital é instalado em mídias criptográficas. Os Smartcards, são muito semelhante aos cartões bancários. Há possibilidade também de utilizá-lo no formato de Tokens – dispositivos bem parecidos com os tradicionais pendrives, mas que incorporam maior segurança por meio da criptografia e do bloqueio contra cópias.

A funcionalidade e a efetividade do armazenamento em nuvem reduzem as chances de erros e de problemas técnicos. Por isso, a utilização desses recursos pode resultar em inúmeros benefícios para a organização.

Maior mobilidade

Os Tokens necessitam de portas USB para transferência de dados. Apesar de populares, essas portas não estão disponíveis em celulares e em dispositivos como tablets, por exemplo. Os Smartcards por sua vez exigem uma leitora específica para que o dispositivo funcione.

Além do mais, para que o Certificado tradicional, em Token ou Smartcard, seja utilizado pelo computador é necessária a instalação de um driver. Com a adoção do Certificado Digital em nuvem, todas as funcionalidades estarão disponíveis a alguns cliques, o que confere bastante praticidade, além de uma substancial economia.

Logo, uma das principais vantagens do Certificado  em nuvem é a mobilidade. Pois não é preciso estar em um escritório  para acessar o Certificado com segurança. Basta acessar o aplicativo utilizando um dispositivo, como um smartphone ou tablet conectado à internet.

Redução de custos com equipamentos e logística

Além da vantagem de otimizar soluções para os clientes, com a implantação do Certificado Digital em nuvem você ainda pode diminuir custos com equipamentos e logística. A facilidade do uso e a praticidade desse Certificado reduz a necessidade de ajuda com suporte técnico.

Além de promover economia em todos os setores da empresa, flexibilizar soluções e reduzir o tempo gasto nas tarefas, o fácil acesso a esses recursos está ajustando o “modus operandis”.

Como o meio digital conecta pessoas de um extremo a outro, a qualquer hora e lugar, a gestão precisa investir nessas possibilidades tecnológicas, inovar e se tornar atrativa e mais competitiva.

Mediante os benefícios que essa realidade proporciona, de forma rápida, dinâmica — e com baixo custo —, a adoção do Certificado Digital em nuvem assegura maior confiabilidade aos negócios, e muito mais praticidade e segurança aos envolvidos.

Como pôde perceber, o Certificado Digital em nuvem traz inúmeras vantagens para os os profissionais das mais diferentes áreas, facilitando a vida daqueles que tem uma rotina agitada e necessita de mobilidade para otimizar seu trabalho. Pensando nisso, a Soluti inova e apresenta o Bird ID, o Certificado Digital em nuvem. A solução é totalmente  homologada aos padrões ICP-Brasil e traz ainda mais vantagens. Clique aqui e saiba tudo sobre a solução em nuvem da Soluti!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *