IRPF 2019: Certificado Digital traz facilidades para contribuinte no momento da declaração do Imposto de Renda

Falta pouco para o início da temporada de entrega do Imposto de Renda. De acordo com a Receita Federal, a declaração 2019 deve ser entregue entre o dia 7 de março e vai até o dia 30 de abril. Uma das formas mais seguras e práticas para enviar o documento para a Receita Federal é por meio do uso do Certificado Digital, uma ferramenta que mais que servir de auxílio, também pode ser considerada um importante facilitador já que contribui para evitar que o contribuinte seja pego pelo leão por conta de erros cometidos no processo.

Segundo Lucas Vieira, Gerente de Produtos da Soluti, “a declaração feita com o uso do Certificado Digital é muito mais simples e vantajosa, pois o contribuinte tem a possibilidade de utilizar a declaração já pré-preenchida no próprio site da Receita e com isso, fazer apenas os ajustes e adições de informações, despesas e deduções, reduzindo assim a chance de erros no momento da prestação de contas”.

Divergências nas prestações de contas são, inclusive, uma das causas que mais levam o contribuinte para a malha fina. Dentro desse grupo, estão o preenchimento incorreto de dados como omissão de rendimentos, erros envolvendo dependentes, declaração de despesas médicas sem comprovação, entre outras informações que são essenciais na declaração. “Com o uso da tecnologia, o envio de dados incorretos envolvendo a fonte pagadora podem ser facilmente evitados, pois é possível obter a declaração do ano anterior e acompanhar o processo, com a possibilidade de corrigir em tempo real as informações. Além disso, o sistema assegura o sigilo e a autenticidade dos dados, ” afirma Vieira.

Vale ressaltar que o uso do Certificado Digital é obrigatório para o contribuinte que recebeu rendimentos tributáveis sujeitos ao ajuste anual, cuja soma foi superior a R$ 10 milhões, além daqueles que realizaram pagamentos de rendimentos a pessoas jurídicas, quando constituam dedução na declaração, em que a soma também tenha superado os R$ 10 milhões.

Importante lembrar que para obter todas as vantagens mencionadas acima, o Certificado Digital precisar estar válido. Portanto é recomendável que antes de fazer a declaração do Imposto de Renda o contribuinte confira a data de expiração do seu. E quem ainda não tem, deve adquirir o Certificado de uma Autoridade Certificadora (AC) credenciada pela ICP-Brasil, como a Soluti.

Para isso, basta acessar nossa loja virtual, escolher pelo e-CPF e optar pelo melhor formato: armazenado no computador ou em mídia (smartcard ou token) e fazer a compra, simples e rápido!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *