Saiba o que muda com o PIX cobrança e a leitura de QR code

- Tempo de leitura: 8 minutos.

Está corrido e não consegue ler o conteúdo agora? Que tal ouvir a narração? Dê o play e ouça agora mesmo!

Você já está sabendo das novas mudanças relacionadas ao PIX? O PIX cobrança e a leitura de QR Code são novidades que prometem revolucionar ainda mais a forma com que lidamos com o dinheiro e realizamos pagamentos no Brasil.

A transformação digital é um movimento importante para todos os setores da economia. Ela simplifica processos, automatiza tarefas e traz mais comodidade ao cotidiano das empresas e do próprio consumidor. Exatamente por isso, ficar por dentro das tendências e aprender a usá-las a seu favor é essencial. Confira!

Como o PIX proporcionou inovação financeira?

Desde a chegada do PIX no comércio, muita coisa mudou. Sua função principal é flexibilizar os sistemas de transferência de dinheiro, acabando com as limitações de horários existentes no TED e DOC.

Fazer pagamentos a qualquer hora e em qualquer dia é seu grande ponto forte. Além disso, a operação é concluída em segundos, sem deixar de lado os requisitos de segurança que evitam fraudes e prejuízos.

Por tudo isso, o PIX beneficia todo o sistema financeiro. Afinal, empresas e consumidores têm acesso a um serviço barato, seguro e instantâneo para fazer pagamentos e transferência de dinheiro.

PIX Cobrança e leitura de QR Code: o que você sabe sobre as novidades do Banco Central para o PIX?

O que já era inovador ficará ainda melhor! O Banco Central do Brasil anunciou que os usuários do PIX terão acesso a mais duas ferramentas que mudarão seu dia a dia: o PIX Cobrança e a leitura de QR Code. Com isso, espera-se melhorar ainda mais a experiência de quem já aderiu a essa tendência, ampliando as situações em que o serviço será usado. Ainda não conhece as novidades? Saiba mais agora mesmo!

O PIX Cobrança

É a modalidade que permite às empresas emitir uma fatura para pagamento em uma data posterior. Ou seja, uma espécie de emissão de um boleto. O interessante é que a funcionalidade está disponível para diversos segmentos. Lojistas, fornecedores e prestadores de serviço terão a oportunidade de agendar esse pagamento. Além disso, ele será emitido em pontos de venda físicos ou no e-commerce.

A Leitura de QR Code

Trata-se de mais uma importante inovação apresentada pelo governo. Desde que foi lançado, já era possível realizar o pagamento por meio dessa ferramenta. No entanto, ela será ampliada.

Na prática, o PIX Cobrança e a leitura de QR Code se uniram e deixaram o serviço mais completo. A diferença está na possibilidade de acrescentar mais informações além do valor da cobrança, configurando dados como juros, multas e descontos.

O PIX QR Code Offline

Já pensou fazer um PIX mesmo que o smartphone não esteja conectado à internet? A nova função de QR Code Offline traz essa possibilidade, democratizando ainda mais o uso do serviço em todo o país. A operação funcionará da seguinte forma:

  • o consumidor sem acesso à internet abre o aplicativo do banco — que funcionará offline na aba do PIX;
  • ele faz a leitura do QR Code do estabelecimento comercial e autoriza a transação por meio de uma senha ou biometria;
  • o aplicativo do consumidor gera um QR Code Offline;
  • o estabelecimento lê o QR Code Offline e envia a informação para a instituição financeira, concluindo o pagamento.

Como dá para perceber, a novidade encerra um problema comum no país: a falta de acesso à internet o tempo todo. Agora, problemas na cobertura 4G e 5G ou a insuficiência do pacote de dados não impedirão o cliente de fazer pagamentos.

Quais são os benefícios das novas modalidades de PIX?

Sempre enfatizamos que a tecnologia é uma grande aliada do mundo empresarial. E não é para menos: ela caminha lado a lado com as necessidades dos negócios, ajudando-os a superar desafios e a se tornarem mais produtivos.

O pagamento instantâneo, por si só, já beneficiou o cotidiano de empresas de todos os portes e segmentos. Agora, as novidades apresentadas devem ampliar o uso do serviço e gerar mais vantagens competitivas. Confira!

Redução de custos

O PIX é gratuito para o consumidor. No caso das pessoas jurídicas, existem algumas cobranças. Entretanto, diversas instituições financeiras trabalham com isenção e redução das taxas. Essa realidade faz com que ele seja mais barato que outras modalidades de transferência de recursos. Na prática, o negócio economiza e amplia sua margem de lucro para investir no seu crescimento.

Aumento das vendas

Com tanta facilidade para concluir o pagamento, até mesmo de maneira offline, o PIX ajuda a aumentar as vendas. Afinal, seus clientes terão a oportunidade de fechar negócio e transferir o dinheiro a qualquer momento e sem custos.

Ajuda no processo de cobrança

É interessante destacar que as inovações apresentadas ajudam a cobrar clientes. Isso porque o uso do PIX Cobrança e da leitura do QR Code permitem que a empresa agende o pagamento de dívidas e receba o dinheiro com mais rapidez, 24 horas por dia e 7 dias por semana.

Quando essas novidades começam a valer?

Gostou das novidades? De fato, elas prometem simplificar bastante o dia a dia das pessoas e devem contribuir para o aumento das vendas e do faturamento das empresas. Mas, afinal, quando elas começam a valer?

O Banco Central já aprovou as regras que organizam o serviço e afirmou que o PIX Cobrança começa a funcionar a partir de maio de 2021. Já o PIX Agendado sem vinculação ao PIX Cobrança começa a valer a partir de 1º de setembro.

Por fim, o uso da leitura de QR Code tem previsão para ser implementado em julho. Essa é a expectativa do governo e, claro, deve ser acompanhada de perto por todos os empresários e consumidores.

As novas modalidades de PIX ainda não estão valendo, mas seu negócio já deve começar a se preparar para elas. O PIX Cobrança e a leitura de QR Code trazem benefícios importantes e colocam seu negócio de vez na era digital. Afinal, o uso de carteiras digitais é uma tendência que deve crescer nos próximos anos.

Gostou deste post? Assine a nossa newsletter e receba em primeira mão as novidades do blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *