Para fomentar a transformação digital na Saúde, healthtech cria o “Papelômetro Mevo”

- Tempo de leitura: 5 minutos.

Painel calcula quantidade poupada de papel por hospitais e clínicas, por meio da digitalização de receitas médicas

A Mevo, plataforma de saúde que descomplica a vida das pessoas por meio de uma receita médica digital inteligente, acaba de criar o Papelômetro Mevo, uma ferramenta que calcula quanto papel a digitalização das receitas médicas já ajudou hospitais, clínicas, operadoras e outras instituições do setor a pouparem.

O Sabará Hospital Infantil, referência no atendimento de crianças e adolescentes, e o Hospital de Amor, excelência em oncologia, dão início ao projeto, como as primeiras instituições parceiras a aderirem à iniciativa e disponibilizarem o Papelômetro Mevo em seus halls de espera e atendimento ambulatorial, por onde circulam, em média, 60 mil pessoas por mês.

Transformação digital e responsabilidade sócio-ambiental

Criado para ser instalado tanto presencialmente, em hospitais e espaços em geral de atendimento à saúde, como de forma online, por meio de um hotsite, o Papelômetro Mevo quer chamar a atenção para a responsabilidade sócio-ambiental (ESG) e o impacto da transformação digital da saúde, para os quais as receitas médicas digitais são uma importante ferramenta, contribuindo para uma sociedade mais sustentável e uma experiência em saúde mais completa.

O Papelômetro traz comparações proporcionais relativas ao papel economizado, como o equivalente em árvores poupadas e até o número de piscinas olímpicas que seriam enchidas com a quantidade de água economizada. 

“Criamos essa iniciativa para fomentar esse movimento e trazer o holofote para o tema, contribuindo para alertar e educar o mercado sobre o seu papel na sustentabilidade ambiental e o impacto das receitas médicas digitais na transformação digital da saúde como um todo.

Por isso, o Papelômetro Mevo funciona como um símbolo sobre o impacto da transformação digital da Saúde no dia a dia de pacientes e profissionais. Queremos contribuir com essa educação e mudança de cultura. Agora, com o projeto lançado, vamos entregar novos painéis a hospitais e organizações de Saúde que já demonstraram interesse em contribuir com esta causa tão urgente para o setor”, sinaliza Vinícius Lotti, head de marketing da Mevo.

Como funciona

Sozinha, a tecnologia da Mevo já emitiu milhões de receitas médicas digitais para mais de 300 hospitais, clínicas, operadoras de Saúde e plataformas de telemedicina do Brasil todo. Com isso, a Mevo já ajudou seus parceiros a economizarem mais de 35 toneladas em papel.

Por conta de sua tecnologia, a Mevo Receita Digital funciona como um elo de conexão entre médicos, pacientes e farmácias, integrado aos principais sistemas de tecnologia e informação em saúde, como os prontuários eletrônicos dos pacientes, por meio de uma ativação plug n’play, o que facilita seu acesso pelo corpo clínico da instituição. Uma interface de programação criada especialmente para o Papelômetro Mevo é capaz de se conectar aos dados, analisá-los, tecer comparações e analogias e fornecê-los em um painel.

Assim como acontece em outros setores da economia, a incorporação de tecnologia também tem imprimido novas práticas em todo o segmento da Saúde. De forma geral, a transformação digital tem se tornado, cada vez mais, uma importante meta do setor.

Nesse sentido, um exemplo disso é a Certificação internacional realizada pela HIMSS Analytics, que avalia e reconhece os níveis de maturidade digital de organizações de saúde, tendo o nível 7 como último patamar, conferido apenas àquelas que contam com todos seus processos realizados digitalmente, de modo paperless, isto é, que atuam sem papel.

Guest Post Mevo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *