Retomada sem Fome: Soluti lança ação de apoio a pessoas em situação de vulnerabilidade e risco social

- Tempo de leitura: 4 minutos.

A ação de financiamento coletivo é uma resposta às necessidades sociais, diante do enfrentamento do que a pandemia potencializou: crise financeira, desemprego e disparidades sociais.

Os dois últimos anos foram desafiadores. Meses de caos, que trouxeram insegurança e muitas reflexões. Que colocaram conceitos pré-estabelecidos em xeque e fizeram questionar o que é essencial. Tempos que ensinaram sobre resiliência, coragem e força.

Até agora a atenção estava voltada para o cuidado físico e mental do círculo familiar. Mas a entrada de um novo ano revelou que é preciso ressignificar ideias, atitudes e construir algo novo. Trata-se de uma mudança de mentalidade. É momento de estender o olhar para além do confinamento das janelas das casas e dos escritórios.

Pandemia evidenciou a vulnerabilidade de quem vive em situação de risco social

A pandemia da Covid-19 provocou aumento dos níveis de pobreza, com um forte impacto na desigualdade social e no desemprego. A crise financeira agravou o número de pessoas passando fome.

Imagem: Olhe para a fome

De acordo com o último levantamento do Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid-19 no Brasil, desenvolvido pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional, 55% da população brasileira vive em situação de insegurança alimentar, ou seja, são pessoas que não têm acesso pleno e permanente a alimentos, nos mais variados níveis: leve, moderado ou grave. E a insegurança alimentar grave afeta 9% da população – isto quer dizer que 19 milhões de brasileiros estão passando fome.

Imagem: Olhe para a fome | O Brasil está dividido entre os poucos que comem à vontade e os muitos que têm vontade de comer.

É necessário olhar além!

Com atenção especial ao tema e dando mais um passo firme em direção a quem mais precisa, a Soluti lança a “Retomada sem Fome: em 2022, pense além, aja em dobro”. A campanha é uma iniciativa de financiamento misto, o matchfunding, que funciona da seguinte forma: para cada doação realizada por uma pessoa física ou jurídica à Associação Prato Cheio, a Soluti duplica o valor da colaboração.

Sobre a Prato Cheio

Com atuação em São Paulo, a Associação Prato Cheio trabalha em projetos que contribuem para o combate da fome e desnutrição, melhorando o aproveitamento de alimentos que seriam desperdiçados. 

Desde a fundação, há 20 anos, a ONG já coletou e doou mais de 3.300 toneladas de alimentos. Cerca de 17 mil pessoas são beneficiadas diretamente

Ajude a completar a alimentação de quem precisa

Por meio dessa campanha de inteligência coletiva, a Soluti soma forças porque acredita na união entre pessoas para a criação de novas formas colaborativas.

Acesse a nossa página e ajude a mudar esse cenário!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *