SSL ou TLS: entenda a diferença entre os protocolos

Pessoas, tecnologia e processos são reconhecidos como o tripé da gestão de uma empresa, assegurando que as operações possam ser colocadas em práticas com máximo desempenho organizacional e eficiência.

Com a informatização e automatização de inúmeras operações, o fluxo de dados no ambiente digital aumentou e, como consequência disso, vulnerabilidades de sistemas são descobertas rapidamente por hackers. Daí a importância de protocolos TLS ou SSL.

Para garantir que as informações possam ser transmitidas, recebidas ou armazenadas entre servidor e clientes, dois relevantes Certificados de segurança foram criados: o TLS (Transport Layer Security, e em português, Segurança da Camada de Transporte) e o SSL (Secure Sockets Layer, e em português, Protocolo de Camada Sockets Segura).

Os dois são protocolos de criptografia que protegem o fluxo de dados que trafegam entre as redes de computadores. Por ser comum acontecer certa confusão entre ambos, preparamos este texto para mostrar a diferença entre eles. Acompanhe e confira!

Saiba o que é SSL ou TLS

TLS (Segurança da Camada de Transporte, em inglês, Transport Layer Security) e o SSL (Protocolo de Camada de Sockets Segura, em inglês, Secure Sockets Layer) são protocolos criptografados que garantem segurança de comunicação ao usuário assim que ele acessa o ambiente virtual, como navegação em páginas (http), e-mail (SMTP) e demais meios para a transferência de dados.

Os Certificados TLS são uma versão mais atualizada e segura do SSL, normalmente utilizado como uma configuração nos programas de e-mail. No entanto, não menos importante que o Certificado SSL, ele tem a sua função em qualquer transação entre servidor e cliente.

Quanto aos Certificados SSL, esses garantem segurança ao usuário assim que ele acessa um site. Isso significa que os dados enviados são criptografados, de modo a impedir que outras pessoas possam fazer uso das informações indevidamente.

Confira as diferenças entre o SSL e o TLS

De forma geral, não há grandes diferenças técnicas entre os protocolos TLS e o SSL, mas os dois têm normas específicas.

O SSL usa apenas o algoritmo MAC (Message Authentication Code), enquanto o TLS pode operar em portas distintas e utiliza algoritmos de criptografia que são mais fortes, como o Keyed — Hashing for Message Authentication Code (HMAC).

O grande benefício do SSL e do TLS é garantir a segurança nos protocolos de comunicação na internet (TCP/IP). Comumente, se encontra nas barras de navegação as terminações “https” e o “http”. Nesse último, os dados trafegam livremente, enquanto o primeiro criptografa as informações com SSL/TLS.

Lembrando que é totalmente possível operar com ou sem TLS ou SSL. Só é preciso que o usuário mostre se deseja ou não configurar uma conexão segura.

Veja quais são os Certificados Digitais essenciais para transações virtuais

Os Certificados para SSL/TLS são os digitais que acabam oferecendo ao usuários a garantia de privacidade, autenticidade e integridade das informações de um portal na rede, o que assegura ao visitante que ele está acessando um site seguro e original, e não uma cópia feita por fraudadores ou pessoas mal intencionadas.

Quando o empreendedor configura um servidor de maneira segura e correta, garante aos seus clientes que possam verificar por meio do Certificado que o site está trabalhando com chaves seguras e com protocolos.

Entre os benefícios em usar Certificados Digitais SSL/TLS estão:

  • maior confiabilidade e credibilidade ao site, pois ao emitir o Certificado a Autoridade Certificadora vai verificar e atestar que aquele que realmente deseja adquirir um Certificado é a dono do site. Além disso, analisa se o proprietário do domínio é legalmente constituído e se possui endereço e telefone;
  • proteção dos dados entre o site e o navegador web do cliente. Ou seja, a partir do protocolo SSL/TLS todos os dados são criptografados, impedindo a falsificação das informações e o acesso indevido.

É bom lembrar que para uma loja virtual ou um e-commerce é indispensável o uso de um Certificado Digital.

Entre alguns modelos de Certificados SSL que estão no mercado, destacamos:

  • Domain Validated (Validação de Organização) — a validação, nesse caso, é feita de forma automática pela Autoridade Certificadora, que vai confirmar a existência do domínio. Para a validação, os dados cadastrados na organização responsável pelo registro do domínio são levados em consideração;
  • Self-signed (conhecidos também como autoassinados) — a organização vai gerar o seu próprio Certificado. Geralmente, são de uso interno, não tendo interoperabilidade com os navegadores de internet;
  • Fully Authenticated (Validação de Organização) — a Autoridade Certificadora, nesse caso, vai validar se quem solicitou o Certificado SSL é realmente dono do site, se é legalmente constituído e se tem condições para efetuar a solicitação do Certificado.

O uso dos Certificados Fully Authenticated, para aqueles que operam no comércio eletrônico, são os mais indicados, por possibilitarem uma maior segurança tanto aos usuários, empresa e clientes.

Com tantas opções de Certificado no mercado, é fundamental que o empreendedor conheça quais tipos a escolher. Quando se fala em proteção para loja virtual, os mais utilizados hoje são SSL EV e o SSL comum. É possível encontrar o SSL MDC (capaz de validar inúmeros domínios), o WildCard SSL (que consegue validar todos os subdomínios de um site), entre vários outros.

Verifique a criptografia do seu site

Não deixe de verificar a criptografia do seu site para analisar se ela é segura. Muitos se perguntam se SSL e TLS são a mesma coisa. Pois bem, como o primeiro foi substituído pelo segundo há um bom tempo, mantendo o seu nome popular, pode-se dizer que sim.

É caracterizado dessa forma, pois seria bastante complexo para popularizar o termo TLS, uma vez que o SSL começou a se tornar um pré-requisito de segurança apenas em meados de 2015.

Ambos os termos foram praticamente incorporados, já que o SSL recebeu características do TLS como tamanho da chave de criptografia de 2048 bits e criptografia de 256 bits. Embora os avanços tecnológicos tenham o hábito de fazer alteração de nome, o SSL é uma exceção e continua com o mesmo nome até os dias de hoje.

Você pode perceber, portanto, que ter os protocolos SSL e TLS são muito importantes para o seu site. Então, não deixe de investir e garantir a comprovação da credibilidade e da solidez de suas políticas de segurança de dados.

Gostou deste texto sobre os protocolos SSL e TLS? Então, compartilhe-o em suas redes sociais para que os seus amigos também possam descobrir a importância de contar com esse tipo de segurança e não deixe de baixar nosso e-book sobre SSL!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *