Hospital São Vicente realiza projeto para se tornar 100% Digital em parceria com a Soluti

- Tempo de leitura: 3 minutos.

O projeto tem o auxílio da empresa Soluti – Soluções em Negócios Inteligentes

O Hospital de Caridade São Vicente de Paulo (HSV) está desenvolvendo o cadastro digital da equipe assistencial do hospital. O cadastro eletrônico será utilizado para certificar a digital de toda a equipe de médicos e enfermeiros, desenvolvendo a assinatura eletrônica diretamente no prontuário do paciente.

Na manhã desta quinta-feira (22), o hospital recebeu a visita da empresa Soluti – Soluções em Negócios Inteligentes. A visita do integrante da equipe Soluti, Lucas Silva, teve por objetivo auxiliar o hospital no projeto desenvolvido com o objetivo de transformar o HSV em um hospital 100% digital.

O Hospital de Caridade São Vicente de Paulo (HSV) está desenvolvendo o cadastro digital da equipe assistencial do hospital. O cadastro eletrônico será utilizado para certificar a digital de toda a equipe de médicos e enfermeiros, desenvolvendo a assinatura eletrônica diretamente no prontuário do paciente.

Na manhã desta quinta-feira (22), o hospital recebeu a visita da empresa Soluti – Soluções em Negócios Inteligentes. A visita do integrante da equipe Soluti, Lucas Silva, teve por objetivo auxiliar o hospital no projeto desenvolvido com o objetivo de transformar o HSV em um hospital 100% digital.

Foi feito um cronograma com as equipes para que todos pudessem comparecer e realizar com a ajuda de Lucas, a emissão desse certificado. O cronograma de cadastro começou com a equipe de enfermagem (auxiliares e técnicos) e posteriormente será realizada com a equipe médica.

“O projeto permitirá uma melhoria na demanda de atendimentos, diminuindo o grande fluxo de prontuários, pois os médicos não precisarão fazer a assinatura manual, após emitir o prontuário, a assinatura digital será emitida automaticamente, agilizando exames de pacientes, por exemplo, e ajudando na tomada de decisão da equipe assistencial. Há também um grande foco na sustentabilidade, pois serão reduzidos os gastos com o uso de papel.”, explica Rodrigo Gueli, coordenador da Tecnologia da Informação.

Fonte: Tribuna de Jundiaí.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *