Carteira de trabalho digital: você já conhece essa tendência?

Nos últimos anos, os avanços tecnológicos proporcionaram mudanças consideráveis em nosso cotidiano, sendo até difícil acompanhar tantas novidades. Além da CNH Digital, a Carteira de Trabalho Digital é um bom exemplo de modernização e surgiu para trazer ainda mais segurança ao trabalhador brasileiro.

Quem presta serviços na indústria, comércio, agricultura, pecuária e até mesmo de natureza doméstica sabe o quanto esse documento é importante e garante a proteção de seus direitos. Com o lançamento do seu modelo digital, isso será ainda mais marcante.

Continue a leitura para conhecer melhor essa novidade trazida pelo Ministério do Trabalho e saiba mais sobre o tema!

Como funciona a Carteira de Trabalho Digital?

Em primeiro lugar, é preciso esclarecer que a Carteira de Trabalho Digital é, na verdade, um aplicativo para smartphone desenvolvido para que o cidadão possa acompanhar com mais facilidade os principais dados sobre a sua vida laboral.

Por meio dele, o trabalhador poderá acessar e conferir dados pessoais, os contratos de trabalho que estão registrados em sua Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) e os registros de afastamentos.

Além disso, após analisar as informações e identificar inconsistências, ele pode informar a situação, que será analisada e solucionada pela equipe do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Portanto, esse aplicativo funciona como um aliado do trabalhador, proporcionando a ele um rápido e simples acesso às informações. Lembrando que essa é uma extensão do documento impresso e não o substitui — pelo menos, nessa primeira fase.

Quais são as vantagens dessa novidade?

Sempre que falamos de inovação, digitalização e documentos na nuvem, percebemos que a ideia por trás dessas tecnologias e estratégias é tornar nosso cotidiano mais cômodo, seguro e simples. Com a Carteira de Trabalho Digital não é diferente.

Na prática, o documento proporciona muitos benefícios ao cidadão e pode ser apontado como o início de um processo de modernização do sistema da Previdência Social, que está saturado e com dificuldades para atender às demandas da população. Veja, agora, seus principais pontos.

Agilidade na solicitação do documento

Solicitar a Carteira de Trabalho Digital é um procedimento extremamente simples e rápido — ensinaremos o passo a passo neste post. Isso porque não existem muitos requisitos para aproveitar os benefícios dessa evolução, bastando ter um smartphone com acesso à internet.

Nesse aspecto, é válido destacar que o Ministério do Trabalho percebeu como o brasileiro utiliza esse recurso e observou que ele poderia simplificar o dia a dia do trabalhador que precisa acessar seus dados.

O Brasil tem, atualmente, 230 milhões de aparelhos ativos, o que corresponde a mais de um smartphone por habitante. Portanto, esse foi um momento muito propício para o lançamento do aplicativo.

Maior acesso à informação

O acesso à informação é um dos princípios que regem os atos do Governo e tem a função de resguardar os direitos do cidadão e garantir que ele esteja sempre informado sobre aquilo que é pertinente à sua vida.

Obviamente, ter acesso a dados relacionados a vínculos trabalhistas é essencial para que o trabalhador conheça sua situação perante a Previdência Social e pleiteie benefícios, como aposentadoria, pensão por morte e salário maternidade.

Ao baixar o aplicativo, tudo se torna muito mais simples. Afinal, a informação estará sempre na palma de sua mão.

Redução de atendimentos presenciais de baixa complexidade

Uma das situações que mais contribuem para as grandes filas e a demora nos atendimentos prestados nas agências do INSS é o pedido de extratos de contribuições e acesso a informações simples.

Percebendo isso, a Previdência inovou com o lançamento do aplicativo e, agora, permite que o cidadão tenha conhecimento desses dados sem precisar se dirigir a uma agência. Há, portanto, uma economia de tempo e de esforço dos funcionários responsáveis pelo atendimento.

Ressalta-se que essa simples modernização permitirá que a equipe de técnicos e analistas se dedique a atendimentos mais complexos, como as análises de pedidos de benefícios, o que também favorece o cidadão.

Facilidade para o trabalhador fiscalizar seus vínculos trabalhistas

Como consequência de tudo o que foi apresentado, a Carteira de Trabalho Digital facilita a tarefa de fiscalização dos vínculos trabalhistas por parte do trabalhador.

Como ele consegue acessar seus dados pessoais e profissionais, poderá identificar inconsistências de maneira preventiva e solicitar a correção. Dessa forma, quando precisar requerer algum benefício, o deferimento será mais rápido e sem complicações.

Merece destaque, ainda, a possibilidade de se consultar o número PIS/PASEP e até de solicitar a segunda via impressa da Carteira de Trabalho e Previdência Social, em caso de perda ou roubo. Tudo muito simples e rápido.

Como obter o aplicativo da Carteira de Trabalho Digital?

Afinal, como obter a Carteira de Trabalho digital? Conforme mencionamos, o procedimento é bem simples e pode ser realizado sem a ajuda de técnicos ou profissionais capacitados.

Lembrando que, como se trata de um documento digital, não é preciso ir até uma agência para solicitá-lo. Além disso, o aplicativo é inteiramente gratuito, mas ainda não substitui a versão física.

Confira, a seguir, um passo a passo para baixar o aplicativo e começar a usá-lo!

Baixe o aplicativo

Sua primeira providência será baixar o aplicativo da Carteira de Trabalho Digital. Para isso, basta ir até a loja de aplicativos em seu smartphone e procurar por “CTPS Digital”. O recurso já está disponível para os sistemas operacionais Android e iOS.

Faça o cadastro

Após fazer o download, é hora de realizar o cadastro. O próprio sistema abrirá uma página da internet e começará a solicitar as informações necessárias, como nome, CPF, data de nascimento, e-mail, número de celular e outras informações.

Nesse momento, é indicado que você esteja com a sua CTPS em mãos, pois serão requisitados dados que estão registrados nela, como data da última contribuição, número de empresas em que já trabalhou e ano em que foi contratado no emprego atual.

Anote a senha gerada

Após concluir o cadastro, o aplicativo gerará uma senha. É importante que você a anote ou a memorize, pois ela será solicitada na próxima etapa. Em seguida, vá até o aplicativo novamente e informe seu CPF e a senha que tiver acabado de receber.

Comece a usar a sua Carteira de Trabalho Digital

Depois de seguir todos os passos, basta aceitar os termos de utilização e começar a usá-lo. Perceba que o procedimento pode ser realizado em poucos minutos e sem qualquer burocracia.

A tecnologia tem contribuído ativamente para a transformação do nosso cotidiano. Depois do e-diploma e da NF-e, agora é a hora de aprender a usufruir dos benefícios proporcionados pela Carteira de Trabalho Digital. Como ficou demonstrado, trata-se de um recurso gratuito e muito útil na vida do cidadão. Por isso, baixe o aplicativo o quanto antes!

Gostou deste artigo? Então, compartilhe-o com seus amigos nas redes sociais e ajude-os a conhecer essa tendência!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *