Entenda as diferenças entre Balanço Patrimonial e Balancete Contábil

A gestão financeira de uma empresa, justamente por ser uma das rotinas mais importantes para seu funcionamento saudável, envolve uma série de conceitos técnicos, práticas e metodologias próprias da contabilidade que precisam ser executadas adequadamente. Nesse sentido, por exemplo, entender a diferença entre Balanço Patrimonial e Balancete Contábil torna-se fundamental para a atuação de um contador.

Embora esses termos tenham algumas semelhanças terminológicas e operacionais, na prática, traduzem expedientes distintos. Como veremos a seguir, cada um deles tem uma abordagem própria, assim como são utilizados em situações diversas. Então, se você é da área da contabilidade, mas tem dúvida sobre as diferenças entre Balanço Patrimonial e Balancete Contábil, este artigo pode ajudá-lo. Continue a leitura e confira!

O conceito de Balanço Patrimonial

O Balanço Patrimonial traduz um dos mais importantes expedientes contábeis no contexto da gestão de uma empresa. Na prática, esse documento é uma espécie de demonstração contábil obrigatória, cuja finalidade básica é apresentar a posição patrimonial e financeira de um negócio em dado período.

Seu caráter é descritivo, reúne informações de forma detalhada, tanto qualitativa quanto quantitativamente, indicando a real situação financeira da empresa em um momento específico. Geralmente, o Balanço Patrimonial é realizado no final do exercício financeiro anual, embora também possa ser feito trimestralmente.

A definição de Balancete Contábil

Por outro lado, o conceito de Balancete Contábil traduz a noção de um relatório contábil, de caráter não obrigatório, cuja função é descrever e informar aos gestores e líderes os saldos de débitos e créditos de todas as contas de uma empresa. A principal referência do Balancete é o Livro Razão.

Assim como o Balanço Patrimonial, o Balancete auxilia gestores e líderes na compreensão da situação contábil da empresa em um determinado momento, evidenciando se o desempenho financeiro está contribuindo ou não com o seu desenvolvimento. Na prática, o Balancete Contábil tem uma aplicação mais voltada para uso interno. Por isso, é interesse do próprio negócio elaborá-lo.

Por não se tratar de um expediente obrigatório para as empresas, não existe uma data estabelecida para a fixação de um balancete. Assim, ele pode ser desenvolvido de acordo com as necessidades da contabilidade: semanal, quinzenal, mensal, trimestral ou semestralmente.

As principais diferenças entre Balanço Patrimonial e Balancete Contábil

Como vimos, Balanço Patrimonial e Balancete Contábil, embora sejam relatórios importantes para a gestão de uma empresa, tratam-se de expedientes bem diferentes. Para deixar essas distinções ainda mais evidentes e evitar a probabilidade de erros e confusões, destacamos as principais diferenças entre eles. Confira!

Obrigatoriedade

A primeira distinção entre Balanço e Balancete está no caráter desses documentos. Como pontuamos, o Balanço Patrimonial é um expediente obrigatório, devendo ser apresentado em data certa e da maneira como as leis e normas determinam. Do contrário, penalidades poderão ser impostas à empresa.

Por outro lado, o Balancete Contábil não é cogente, isto é, obrigatório. Como sua aplicação é mais interna, fica a critério de cada empresa definir se o elabora, quando e como. Ainda assim, esse não deixa de ser um expediente vital para a boa gestão empresarial.

Composição

Outra distinção está na composição dos dois expedientes contábeis. Nesse ponto, a composição do Balanço Patrimonial se baseia em 3 elementos principais:

  • ativos: abarca os bens, valores e direitos capazes de refletir positivamente no orçamento do negócio;
  • passivos: compreendem as saídas de capital do patrimônio da empresa, seja em razão de compromissos assumidos, seja cumprimento de obrigações e outras situações. Para liquidar os passivos, é necessário ter ativos;
  • patrimônio líquido: refere-se à diferença positiva entre o valor dos ativos e o valor dos passivos. Para uma empresa se manter saudável, a patrimônio líquido precisa aparecer, caso contrário, o negócio está operando com prejuízos.

Por sua vez, o Balancete Contábil é composto, basicamente, pelos saldos e contas em determinado período, seja diário, semanal ou mensal, seja trimestral ou semestral.

Caráter e profundidade dos dados

O caráter e a profundidade das avaliações trazidas por esses documentos também acentuam suas diferenças. Enquanto o Balanço Patrimonial é um expediente mais robusto e rigoroso, que depende de um volume de informações mais completo e complexo, o Balancete Contábil foca em dados mais voláteis e simples, como os débitos e créditos de contas contábeis da empresa.

Nesse sentido, inclusive, é importante destacar que o Balancete Contábil, por ser mais flexível e dinâmico, é fundamental para a elaboração do Balanço Patrimonial, cujo caráter é mais analítico e técnico.

Finalidade

Com um caráter mais técnico e formal, o Balanço Patrimonial tem como finalidade atender aos ditames legais no que se refere à escrituração da empresa. Seu objetivo é manter os sócios, acionistas, investidores e o Fisco informados sobre a situação patrimonial e financeira do negócio.

Já o Balancete tem mais valor internamente, sendo muito útil na condução e gestão do negócio. Por isso, pode-se dizer que apresenta uma finalidade técnico-administrativa/financeira, servindo para que gestores e líderes avaliem de forma precisa a saúde da empresa, otimizem processos, tomem decisões mais seguras e garantam melhores resultados.

O papel da tecnologia no cenário contábil

Elencadas as principais diferenças entre Balanço Patrimonial e Balancete Contábil, é importante tratar, ainda, do papel da tecnologia no contexto da contabilidade empresarial. Isso porque, hoje, muitos expedientes contábeis podem ser desenvolvidos e transmitidos às bases do Governo a partir da internet, com o uso da Certificação Digital.

Como destacado, o Balanço Patrimonial é uma das principais demonstrações contábeis a serem desenvolvidas pela empresa. Além disso, é um expediente obrigatório, que precisa ser elaborado em conformidade com as leis e normas que a regulam e transmitido ao Fisco no prazo estabelecido.

Atualmente, a tecnologia já possibilita às empresas transmitir dados e documentos ao Fisco eletronicamente, de forma muito mais segura, prática e simples. O SPED Contábil é o sistema responsável por operacionalizar o procedimento.

No entanto, os benefícios desse modelo de escrituração só estão acessíveis às empresas e profissionais que dispõem de um Certificado Digital válido, expedido por uma Autoridade Certificadora credenciada junto à ICP-Brasil, como a Soluti.

A Soluti, líder nacional no segmento de Certificação Digital, atua lado a lado com os negócios, oferecendo soluções eficientes, dinâmicas e modernas para colocar empresas e profissionais contábeis na era digital, em conformidade com os padrões impostos pelo Governo e pelo cenário de inovação na contabilidade.

Com a Certificação Digital, a Soluti abre as portas para que empresas consigam aproveitar melhor o valor e as vantagens da Gestão Eletrônica de Documentos, dos contratos digitais e da assinatura eletrônica. Além disso, essa tecnologia é a base para a segurança na comunicação de dados e informações, autenticando usuários em ambientes online e validando documentos com total validade jurídica.

Conheça as soluções e diferenciais da Soluti e se surpreenda com o valor que a tecnologia de Certificação é capaz de agregar ao seu negócio:

  • a Soluti é credenciada pela ICP-Brasil para emissão de Certificados Digitais como Autoridade Certificadora de 1º Nível e como PSS (Prestador de Serviço de Suporte);
  • tem a maior rede de atendimento no Brasil, presente em todos os estados brasileiros;
  • é PSC (Prestador de Serviço de Confiança), homologada pela ICP-Brasil, trazendo uma nova era de soluções em nuvem, facilitando ainda mais a vida dos clientes;
  • é credenciad pela ICP-Brasil como ACT (Autoridade de Carimbo de Tempo), atestando a data e hora exatas em que o documento foi criado (ou recebeu a assinatura), com validade jurídica incontestável.
  • está entre as 50 PMEs que mais crescem no Brasil e em 1º lugar no Centro-Oeste e Norte, de acordo com a revista Exame.
  • eleita uma das melhores empresas para trabalhar por 3 vezes pela Great Place to Work (GPTW) e eleita como uma das melhores empresas de TI do Brasil para trabalhar, também segundo ranking da GPTW;
  • 100% brasileira com capital 100% nacional.

Esses atributos, sem dúvida, fazem da Soluti uma das principais referências no mercado de Certificação e a melhor escolha para sua empresa e seus clientes.

Agora que você já conhece as diferenças entre Balanço Patrimonial e Balancete Contábil e entende a necessidade do Certificado Digital, aproveite para conferir nosso e-book sobre as principais utilidades dessa tecnologia!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *