Conheça as principais tendências para a gestão de pequenas empresas

- Tempo de leitura: 9 minutos.

A tecnologia tem avançado a passos largos no cenário empresarial, sobretudo nos últimos anos. Com a difusão da internet e dos meios digitais, a realidade dos negócios foi bastante alterada. Como exemplo, pequenas empresas passaram a ter acesso a recursos antes acessíveis apenas às grandes organizações, aumentando sua competitividade e a probabilidade de sobrevivência no mercado.

Contudo, a tecnologia segue por um processo dinâmico e as mudanças não param de acontecer. No cenário da gestão de pequenas empresas, exemplos não faltam de tendências que vêm se tornando comuns no dia a dia dos negócios, seja otimizando processos, seja reduzindo custos e aumentando a competitividade frente às grandes empresas.

Em razão da importância e contextualização desse tema, preparamos este artigo para tratar das principais tendências para a gestão de pequenas empresas que já estão transformando a realidade desse tipo de negócio. Continue a leitura e conheça-as!

Inteligência Artificial (AI)

Já bastante conhecido no cenário atual, o conceito de Inteligência Artificial (AI) também está presente na realidade da gestão de pequenas empresas. Essa tecnologia vem tendo um papel fundamental nos pequenos negócios em setores como de atendimento ao cliente, em que os chatbots automatizam a interação com os usuários, dinamizando o atendimento e reduzindo a demanda sobre as equipes.

Além disso, já é possível encontrar a AI trabalhando em conjunto com sistemas de gestão, coletando, segmentando e analisando dados de forma autônoma, a partir de complexos algoritmos. Tudo para auxiliar líderes e gestores de pequenas empresas a extrair o máximo proveito de dados internos e externos, a partir de insights.

Softwares de gestão

Na era da informação, cada vez mais o digital tem assumido o lugar do analógico e manual. Nesse contexto, por exemplo, a tecnologia tem promovido alterações positivas na forma como os pequenos negócios gerenciam suas atividades, isto é, acompanham suas vendas, seu financeiro, RH, além de toda a parte fiscal.

Softwares de gestão automatizam grande parte das atividades relacionadas a gestão de dados. Soluções completas e, por vezes, complexas, assumem as tarefas gerenciais, em que tradicionalmente se dependia muito dos recursos humanos, consumo de tempo e muitas atividades manuais.

A exemplo, as conhecidas planilhas financeiras dão lugar a sistemas interativos, capazes de coletar e centralizar dados com precisão e confiabilidade, entregando as informações aos tomadores de decisão de forma muito mais simples e centralizada.  Além disso, os softwares de gestão têm facilitado a integração de diferentes setores da empresa, dando total suporte a uma gestão ampliada, por meio de indicadores estratégicos.

Marketing digital

Com foco na qualificação da imagem do negócio perante o mercado e no aumento da sua competitividade, o marketing digital hoje desponta como uma ferramenta indispensável para a realidade dos pequenos negócios. Muito disso, sem dúvida, decorre da democratização desse formato de marketing, já que ele é mais eficiente em termos de segmentação e economia.

Nesse contexto, pequenas empresas exploram as diversas ferramentas de marketing digital disponíveis no mercado, como o marketing de conteúdo, o próprio uso das mídias sociais, anúncios pagos e e-mail marketing.

Nesse cenário, graças à internet e aos meios digitais, ficou bastante fácil para os pequenos negócios alcançarem uma boa audiência em suas campanhas, sem depender de altos investimentos em marketing.

Cloud Computing

Essa é uma das grandes tendências do mercado de uma forma geral, mas que tem tido uma aplicação bastante positiva no cenário das pequenas empresas. A computação em nuvem, na prática, tem permitido aos negócios evoluir e profissionalizar suas atividades a partir dos diferentes serviços oferecidos com base na nuvem.

Hoje, por exemplo, é possível que pequenas empresas tenham acesso a robustas infraestruturas de Tecnologia da Informação como se fosse um serviço, com o diferencial de poder contratar exatamente o que demanda e pagar de forma fixa.

No mesmo sentido, a computação em nuvem também tem figurado como um dos principais vetores para utilização dos documentos digitais, muito mais econômico, sustentável e moderno que os tradicionais documentos impressos.

Assim, pequenas empresas conseguem reduzir custos com a gestão de documentos em formato digital, diminuindo a demanda por papel e impressões, assim como de arquivos e espaços físicos para alocar documentos de clientes, vendas e outras atividades importantes.

Certificação Digital

Por fim, outra tendência extremamente importante no contexto das pequenas empresas é a da Certificação Digital. Como dito, vivemos em momento de transição do analógico para o digital. À medida que o tempo passa, mais presente a digitalização dos serviços se mostra, fazendo surgir e crescer uma grande demanda por segurança digital.

Cumprimento de obrigações acessórias

Nesse contexto, a Certificação Digital vem ganhando mais aplicabilidade, dada sua confiabilidade e eficiência na proteção de dados e informações que trafegam em meio online, por exemplo.

Atualmente, a Certificação Digital faz parte das rotinas fiscais e administrativas de empresas, incluindo as pequenas e até mesmo os MEIs, possibilitando a troca de dados com o Fisco, o acesso seguro a ambientes restritos e o cumprimento de obrigações legais de forma remota.

Manuseio seguro de documentos eletrônicos

No mais, a Certificação Digital tem sido a base para uma série de atividades empresariais, como a emissão, assinatura e envio de documentos eletronicamente, o que facilitou a vida dos negócios na hora de vender online, fechar contratos, transmitir e receber documentos de seus clientes e parceiros.

Segurança de sites

Outro exemplo de benefício gerado pela Certificação Digital às pequenas empresas é o reforço à segurança de sites, a partir do Certificado SSL. Graças a esse formato de certificado, pequenas empresas, principalmente, podem transparecer muito mais profissionalismo e confiabilidade em suas páginas na internet, já que essa tecnologia atesta a autenticidade do site, bem como a sua propriedade.

Graças ao SSL, pequenos negócios podem expandir sua atuação para a internet. O crescimento do e-commerce é prova disso. Nesse ponto, o Certificado Digital, além de melhorar o ranqueamento da página no Google, viabiliza o uso de ferramentas adicionais, como o pagamento via cartão de crédito, a comunicação segura de dados entre o dispositivo do cliente e o servidor da página, ou seja, diferenciais importantes para a empresa.

Por fim, como vimos, o mercado atual reserva um conjunto de tendências importantes para a gestão de pequenas empresas. São novas soluções, tecnologias e padrões que surgem e são aprimorados com o objetivo de facilitar o dia a dia das empresas, seja simplificando processos, seja democratizando o acesso a recursos antes acessíveis apenas às grandes organizações.

No contexto da Certificação Digital, Autoridades Certificadoras como a Soluti, contribuem para a difusão e avanço dessa tecnologia. Hoje, a empresa trabalha com uma gama completa de soluções em Certificação, permitindo que negócios de todos os portes tenham acesso às vantagens e possibilidades oferecidas por essa importante ferramenta.

Então, gostou deste artigo? Continue lendo e aprendendo mais sobre a gestão de pequenas empresas. Confira também nosso e-book sobre gestão financeira!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *