5 passos importantes para um crescimento saudável empresarial

Não pode ler agora? Ouça a matéria clicando no player:

Transformar um pequeno empreendimento em um grande negócio, ao mesmo tempo que é um dos objetivos mais claros de todo empreendedor, é também um dos seus maiores desafios. Sair da estaca zero e alcançar o topo, como se sabe, não é algo simples. No entanto, com estratégia, é plenamente possível promover o crescimento saudável empresarial e atingir o sucesso nos negócios.

Conduzir uma empresa, hoje, não é mais como no passado. As decisões não podem e nem devem ser tomadas exclusivamente com base em achismos e presunções, mas a partir de dados concretos e avaliações precisas. Além disso, toda empresa, desde o seu estágio inicial, precisa imprimir um certo rigor com as suas finanças, controlando tudo com exatidão e organização. Esses são os passos iniciais para manter o negócio em uma linha ascendente de crescimento.

Entretanto, como veremos adiante, existem outras medidas necessárias para otimizar o dia a dia de atividades da sua empresa e contribuir para um crescimento saudável. A seguir, listamos 5 passos estratégicos para ajudar você. Acompanhe!

Crescimento saudável empresarial: como é possível realizá-lo?

1. Invista no crescimento da sua empresa

Quem busca alcançar o sucesso nos negócios precisa ter em mente que é preciso reforçar a estrutura da empresa ao longo dos anos. É preciso implementar uma cultura de melhoria contínua, de modo a se entregar resultados cada vez mais satisfatórios.

Nesse contexto, investimentos são primordiais, ao mesmo tempo em que são também indispensáveis. À medida que o negócio opera, fatura e obtém lucro, é fundamental reservar parte desse lucro para novos investimentos, tais como:

Sabemos que no estágio inicial de qualquer empresa, o orçamento costuma ser apertado, não sobrando muitos recursos para investimentos. No entanto, ainda assim é possível priorizar atividades, investindo pouco, mas regularmente, na melhoria interna do negócio.

2. Inove por meio de novas ferramentas e processos

Seguindo a lógica do tópico anterior, é preciso ser estratégico na hora de investir. Como dito, em pequenos negócios o orçamento é mais restrito, o que acaba por exigir decisões mais inteligentes na hora de investir.

Por exemplo, um caminho a se seguir nos investimentos é pela inovação em ferramentas e processos empresariais. Assim, a substituição de processos burocráticos, lentos e manuais por alternativas automatizadas é totalmente viável, do mesmo modo, investir em soluções de gestão informatizadas, eliminando as tradicionais planilhas em papel.

3. Reforce a qualidade dos seus recursos humanos

Os recursos humanos também têm um papel determinante no crescimento saudável empresarial. Em grande parte das empresas, os colaboradores é que assumem a execução dos processos, interferindo diretamente na produtividade e qualidade das entregas.

Nesse sentido, é primordial qualificar o corpo de funcionários do negócio, auxiliando-os tanto técnica como moralmente. Em muitos casos, equipes menores, mas bem treinadas, têm um rendimento melhor que grandes grupos. Logo, qualificar e treinar os profissionais pode não só ser uma forma de reduzir custos, mas de aumentar a qualidade dos produtos/serviços da empresa e, consequentemente, de promover o seu crescimento.

4. Seja técnico e estratégico

Durante muito tempo, empreender foi uma tarefa ligada exclusivamente às habilidades, aptidões e visão do indivíduo. Por essa razão, as decisões eram muito mais subjetivas, baseadas no chamado “tino empresarial” do empreendedor.

Contudo, essa realidade foi ficando superada com o passar dos anos e evolução da tecnologia, principalmente. Hoje, estar à frente de uma empresa, independentemente do seu porte, é mais uma questão de estratégia e técnica do que propriamente intuição.

O que estamos tentando mostrar a você é que no mercado atual é preciso ser mais objetivo e técnico, buscando orientar-se com base em estudos, estatísticas e dados concretos. Decisões com esse caráter tendem a ser mais produtivas e garantir o aproveitamento de oportunidades. Ou seja, é uma das formas mais efetivas de melhorar a competitividade da empresa e garantir seu crescimento saudável.

5. Conheça bem o mercado

Crescer em mercados amplos e competitivos é uma tarefa extremamente desafiadora. Com diversas empresas fazendo exatamente o que você faz e entregando os mesmos produtos/serviços que você entrega, diferenciar-se de alguma forma é questão de sobrevivência.

Nesse sentido, é muito importante conhecer bem o mercado no qual se está inserido. É primordial saber quem são os principais concorrentes, quais os seus produtos, seus pontos fortes e fragilidades. Com esse conhecimento, fica mais fácil se posicionar no mercado, oferecendo uma proposta diferenciada, atrativa e capaz de gerar resultados para a sua empresa.

Fazer mais do mesmo certamente não garantirá os resultados que a sua empresa deseja. Por isso, estar bem posicionado no seu segmento, conhecer o perfil do seu cliente e traçar estratégias para atendê-lo de forma mais exclusiva e personalizada, sem dúvida, pode contribuir para o crescimento saudável empresarial.

O papel da tecnologia de gestão

Passadas essas dicas, é preciso dar um destaque especial para um outro atributo que pode reforçar — e muito — o crescimento da sua empresa. Estamos falando da tecnologia de gestão.

Como pontuamos, hoje, o sucesso empresarial depende muito da maneira como se lida com as informações e como as decisões são tomadas. Já não é mais indicado agir com base em presunções e achismos. É necessário ser inteligente, usando os dados a favor da empresa.

Nesse sentido, a tecnologia é uma das grandes aliadas dos negócios, especialmente dos pequenos e médios. Atualmente, é muito comum haver a presença de softwares, sistemas e outras soluções tecnológicas na rotina de empreendimentos. Essas tecnologias são a base para as melhorias internas como:

  • minimização de erros;
  • redução de custos;
  • simplificação de processos;
  • aumento na segurança das informações;
  • reforço estratégico com o uso de dados do mercado;
  • aumento da produtividade e muito mais.

A exemplo, softwares de gestão já assumem o gerenciamento de uma série de informações financeiras da empresa, evitando o descontrole, desorganização e prejuízos, além de possibilitar uma melhor aplicação do plano de negócios.

Do mesmo modo, a Certificação Digital auxilia negócios na utilização de documentos digitais, reduzindo o uso de papel nos processos e, ainda, aumentando a segurança no manuseio de dados por meio da internet.

Por fim, o crescimento saudável empresarial não é algo distante da realidade das empresas, sobretudo as pequenas. Na verdade, hoje a tecnologia já democratizou o acesso a ferramentas e soluções capazes de otimizar processos. Com isso, empresas menores conseguem imprimir um alto rigor na sua gestão, competindo de igual para igual com negócios maiores.

Gostou deste artigo? Continue se informando mais sobre temas ligados à rotina empresarial. Assine nossa newsletter e receba os melhores conteúdos em primeira mão!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *